http://www.ladomar.com.br/ Aulas de Stand Up Paddle no Rio de Janeiro ~ Lá do Mar

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Nos últimos anos o crescimento do Stand Up Paddle no Brasil e no mundo tem sido assustador.
Há pouco mais de 2 anos quando eu remava com meu SUP algumas vezes em Ipanema as pessoas vinham me perguntam se era difícil, como funcionava, olhavam com curiosidade o fato de uma pessoa remar numa prancha em pé.
Quando eu comecei a remar, torcia pra passar por alguém de SUP no mar. Na Barra era mais comum ter gente remando e surfando de SUP, mas na zona sul ainda era raro.
Hoje, num sábado de inverno em Copacabana é possível ver dezenas de SUPs na água ao mesmo tempo. Isso mostra como o esporte cresceu e vem crescendo a cada verão.

Foto da minha terceira aula (São Conrado, Canal da Barra, Ilhas Tijucas, São Conrado)
Antes de eu fazer a minha primeira aula, passei dias e dias na internet pesquisando onde eu conseguiria fazer uma aula pra aprender. Na época, depois de muito procurar, descobri três locais pra aprender. Um deles era o SUP Copa em Copacabana no Posto 6, o outro o Rio Wind na Barra e o terceiro, que foi o que eu fiz foi o Guilherme Gama, "personal trainer" do Sup Carioca (www.supcarioca.com.br).

Do dia que decidi que queria aprender até o dia que fiz a minha primeira aula foram longas horas de pesquisa e após ligar opr Gui Gama, marcamos a primeira aula pra uma terça-feira as 6h na Barra da Tijuca em frente a barraca do Pepê.
Após algumas dicas sobre a prancha, o remo, a remada, dicas de segurança e etc.... entramos no mar que estava flat e sem vento. Subi na prancha a primeira vez com as pernas bambas, levantei e antes de dar a primeira remada já caí na água. Tentei a segunda vez e caí novamente. Foi quando o Gui disse: "quando subir já mantém o remo tracionado na água que é mais fácil você equilibrar." Ouvi o conselho, mas na hora é tudo muito novo e parece que é muita coisa acontecendo e difícil de se concentrar. Subi a terceira vez e consegui dar várias remadas, mas quando fui trocar o remo de lado caí novamente. Foi quando ele me explicou como eu deveria trocar o remo de mão. Na quarta vez subi e não caí mais. A idéia dele era irmos remando até o posto 3 e depois voltar, mas no meio do caminho ele disse: " Pô Bernardo, hoje está perfeito pra remar até as Ilhas Tijucas", foi quando eu falei: " vamos então" e fui remando até lá sem cair nenhuma vez. Quando chegamos nas ilhas remei de várias formas, sentado com as pernas pra frente, ajoelhado e deitado. Nesse dia aprendi muito sobre o que fazer caso o vento mude e vire contra, como devo remar contra a correnteza, a posição dos braços e seus movimentos, a intensidade da remada e etc.... foram duas horas de aula que me fizeram ficar viciado no Stand Up Paddle.
Em outros dias fizemos mais algumas aulas em travessias espetaculares de São Conrado até a Barra, por todas as ilhas daquela área e na última aula eu já estava surfando umas marolinhas no canal do Quebra-mar.
Entrada do Canal do Quebra-Mar em minha segunda aula

Essa história foi pra ilustrar como foi que eu aprendi em uma época que não tinham muitas opções de aulas. Acredito que a aula seja muito importante até por questões de segurança, e ajuda a pegar alguns macetes e evoluir mais rápido mas também faz com que você tenha uma noção do equipamento que é ideal pra usar. A prancha de Stand Up Paddle e o remo são equipamentos caros. É importante comprar o equipamento certo de acordo com suas medidas e necessidades.

Com certeza se eu fosse indicar (e sempre indico) daria preferência pra fazer uma aula com um professor exclusivo. Mas nem todo vai ter essa oportunidade e hoje existem vários lugares onde você pode conseguir uma aula de alguns minutos pra pelo menos ver se gosta e depois se aprofundar. Pra facilitar essa busca, relaciono abaixo uma lista de pessoas e locais em que se pode aprender o Stand Up Paddle.

Recentemente eu estava em Itacaré numa praia que nem tem ondas e vi um cara tentando remar com um stand up paddle. Depois de alguns minutos vendo que ele não conseguiria ficar de pé fui nadando até ele e expliquei que ele deveria ficar com os pés paralelos no centro da prancha. Após a dica ele conseguiu ficar em pé mas remava com o remo do lado contrário e sempre caia, avisei que o remo estava ao contrário e ele conseguiu dar umas remadas mas já estava exausto de tanto subir e cair da prancha.

Segue a lista:

- Sup Carioca (Gui Gama) - Foi quem me ensinou, motivou e continua motivando até hoje. Muitos amigos também fizeram aula com ele. Mais que ensinar Stand Up Paddle o grande entusiasmo do Gui pelo SUP é muito cativante. No blog www.supcarioca.com.br é possível conferir um pouco desse entusiasmo com várias histórias e aulas que ele deu nos últimos anos.
Gui Gama e eu em minha segunda aula

- Ratones Sup School - Tive o prazer de conhecer o Gustavo Ratones em Fortaleza por acaso no meio de uma praia. Depois acabei esbarrando com ele em campeonatos no Rio. Alguns amigos fizeram aulas em sua Sup School e gostaram muito. Com certeza também é um dos grandes entusiastas do SUP no Rio de Janeiro e no Brasil participando de várias competições importantes inclusive no Hawaii.

- O Treino - A assessoria esportiva O Treino em Copacabana é especializada em triathlon e também possui um treinamento para o Stand Up Paddle em sua tenda armada próxima ao Posto 6 em Copacabana. Além de ensinar, o objetivo da assessoria é realizar um treinamento semanal com planejamento de volume e intensidade focado no condicionamento físico, emagrecimento e participação de competições de SUP Race.

- Sup Copa - A tenda do Sup Copa fica armada colada no Forte de Copacabana e eles possuem dezenas de pranchas de todos os tamanhos para alugar e também oferecem aulas.

- Sup Arpoador - Localizada entre a pedra do Arpoador e o Posto 8 de Ipanema, o Sup Arpoador também possui pranchas pra aluguel e aulas. Em épocas que o mar está flat é uma vantagem em relação a Copacabana já que a água é muito mais limpa.

- Rio Wind - A Rio Wind fica no Canal de Marapendi e possui aulas particulares ou em grupos. Como o canal é praticamente flat, é um lugar bem fácil de aprender.

- Stand Up Paddle Rio - Fica em Ipanema e oferece aulas, passeios e travessias.

- Surf Rio - Com tendas em Copacabana e Ipanema oferece aulas em grupos ou particular mas é importante ligar antes pra saber os dias e horários.

- Sup Life - Aulas de Stand Up Paddle pra quem mora em Niterói.

Essas acima são apenas algumas possibilidades para se fazer uma aula de Stand Up Paddle no Rio de Janeiro. Se souber de alguma outra, envie que incluo na lista.